ORIENTAÇÕES SOBRE

PROSTATECTOMIA RADICAL ROBÓTICA (PARA CÂNCER DE PRÓSTATA)

 

Sobre o Procedimento:

Explanação: a cirurgia para retirada da próstata e vesículas seminais é realizada em centro-cirúrgico sob anestesia geral. Tem como objetivo o tratamento curativo do câncer de próstata, e atualmente é mais frequentemente realizada por laparoscopia ou com auxílio do robô, minimizando a morbidade do tratamento.

Anestesia: como em toda cirurgia por videolaparoscopia, a anestesia é geral e o paciente fica 100% do tempo monitorizado em relação a suas funções cardíacas e cerebrais.

Incisão: na cirurgia com auxílio do robô, por ser por vídeo, são realizadas 6 ou 7 incisões pequenas de 0,5 a 1,5 cm para passagem dos trocartes, as pinças utilizadas para a cirurgia dentro do abdômen. Uma das incisões é, no final, aumentada em 1 a 2 cm para retirada da peça cirúrgica íntegra dentro de embalagem plástica apropriada.

Catéteres e drenos: após a cirurgia, pode ser deixado um dreno abdominal, o qual é retirado antes da alta. Já a sonda vesical de demora permanece por um tempo de 7 a 14 dias, a depender do aspecto intra-operatório da junção delicada entre a bexiga e a uretra (canal da urina), sendo determinado esse tempo pelo médico cirurgião caso a caso. A sonda é em geral retirada em consultório sem nenhuma dificuldade ou dor.

Tempo de internação: a cirurgia é realizada em regime de internação e o paciente recebe alta no segundo ou terceiro dia de pós-operatório, a depender das próprias condições clínicas de base do paciente, da cirurgia e da evolução pós-operatória.

 

Orientações Pré-Operatórias:

Jejum/Dieta: são necessárias 8 horas de jejum para o procedimento devido ao ato anestésico. Nos dois dias que antecedem a cirurgia, procure se hidratar bastante e se alimentar com dieta mais líquida com sopas e sucos, evitando alimentos " pesados".

Exames: no dia da cirurgia, levar consigo todos os exames realizados no pré-operatório.

Tricotomia (retirada de pelos): a retirada de pelos deve ser realizada 12 a 24 horas antes da cirurgia em casa, abrangendo toda a região entre os mamilos e a raiz de ambas as coxas, com total retirada de pelos inclusive da região genital. Caso não seja feita em casa, pode ser feita em centro-cirúrgico.

Acompanhante: tanto para internar como para a alta, é necessário que o paciente seja acompanhado por um adulto. No tempo de internação, não é obrigatório mas aconselhado que tenha visitas frequentes.

Chegada ao Hospital: para cirurgias eletivas, agendadas, o ideal é que se chegue ao hospital em torno de 3 horas antes do procedimento. Isso é em geral confirmado pelo hospital 1 a 3 dias antes da data do procedimento.

Horário da cirurgia: para cirurgias eletivas, agendadas, o horário será combinado com seu médico e confirmado posteriormente pelo hospital.

 

Orientações Pós-Operatórias:

Curativo: os curativos do dia do procedimento são pequenos e têm a função de impedir que a ferida fique suja e que se contamine o local operado. Na alta, os curativos podem ou não já ter sido trocados. Troque diariamente os curativos até o retorno com seu médico, lave a ferida apenas com água corrente morna e o sabonete habitual do paciente.

Sonda Vesical de Demora: durante a internação, tanto paciente como familiares serão orientados a como esvaziar o saco coletor e ainda mais importante a como fixar a sonda no abdome ou parte alta da coxa. A sonda nunca pode ficar solta, sempre presa com micropore ou algum tipo de curativo. Cuidado especial também deve ser dado para evitar dobras ou compressões sobre a sonda, o que aprisiona a saída da urina e sobrecarrega a junção delicada feita na cirurgia.

Retirada de Pontos: é utilizado um fio absorvível na sutura, o próprio organismo se encarrega de absorvê-lo com o passar dos dias, sem necessidade de remoção. Os pontos caem em 3 a 4 semanas após a cirurgia.

Sintomas mais comuns no pós-operatório:

- edema: trata-se do inchaço que pode acontecer no corpo do pênis e região genital, durando de 5 a 15 dias.

- sangramento/hematoma: é comum o aparecimento de alguns sinais de sangue ao redor da cicatriz às trocas de curativo, por isso ele deve ser trocado diariamente. O acúmulo de sangue abaixo da área operada, hematoma, eventualmente ocorre e é reabsorvido após alguns dias. Além disso, eventualmente observamos equimose arroxeada no dorso, que também desaparece após alguns dias.

- dor: apesar de poder haver dor, o mais comum é um relato de incômodo local, para isso são utilizados medicamentos específicos.

- sensação de vontade de urinar: mo balão da sonda que fica insuflado com água destilada dentro da bexiga estimula a mesma e isso gera essa sensação, que em geral diminui com o passar dos dias. Em casos de persistência, existem medicamentos para isso também, solicite a seu médico.

- obstipação: é comum a sensação de intestino preso e muitas vezes a evacuação só ocorre em casa, após a alta. Na internação, serão administrados medicamentos para controle disso e na alta podemos deixar as mesmas medicações caso não melhore o sintoma.

- saída de secreção ao redor da sonda: isso é comum após alguns dias de uso da sonda e não significa desenvolvimento de infecções, trata-se apenas de uma reação natural de nosso corpo ao corpo estranho ao organismo que é a sonda vesical. Nada precisa ser feito, apenas limpe no banho diariamente.

Repouso: deve ser realizado repouso relativo por pelo menos 14 dias após a cirurgia, o que diminui sintomas como dor, edema e sangramento. Evitar traumas na região, e tome extremo cuidado com a sonda.

Medicamentos: o paciente deverá usar medicamentos específicos como antibióticos (para evitar uma infecção), anti-inflamatórios (para diminuição do edema), e analgésicos (para controle de dor). Medicação específica para obstipação e sintomas da sonda podem ser prescritos caso a caso.

Retorno com seu médico: agende retorno entre 7 a 14 dias do dia cirurgia, a ser combinado.

Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Dr. Giovanni Scala Marchini - UROLOGIA

Rua Barata Ribeiro, 380 -  cj. 74 - CEP 01308-000

São Paulo, Brasil - Tel [11] 2768-4552;

WhatsApp [11] 96649-1639
Email: marchinism@gmail.com